15/07/2014

O estádio do Maracanã encerrou a Copa do Mundo de 2014 no topo do ranking de envio de fotos pelos torcedores, durante os jogos do mundial. Ao todo, nos sete jogos disputados no Maracanã, foram enviadas 10,5 milhões de fotos, com tamanho médio de 0,55 MB.

O estádio do Rio de Janeiro também foi o primeiro colocado em média de fotos enviadas, com 20 fotos por torcedor. Na Final da Copa, na partida entre Alemanha e Argentina, foi alcançada uma média de 35 fotos por pessoa, com um tráfego total de dados de 1,5 TB, equivalente a 2,6 milhões de fotos.

Em números absolutos, em segundo lugar aparece o Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, com 8 milhões de fotos enviadas, em sete partidas. E em terceiro lugar, vem a Arena de São Paulo, com 5 milhões de fotos enviadas em seis partidas. Mas se considerarmos o público presente aos estádios, a Arena Pantanal, em Cuiabá, sobe para a segunda colocação, com 17,6 fotos enviadas por torcedor, pouco acima da terceira colocada, a Arena Amazônia, em Manaus, com 17,5 fotos por torcedor.

Diante do critério de média de fotos por público, o Estádio Nacional, aparece na quarta colocação, com 16,7, seguido pelo Estádio Beira Rio, em Porto Alegre, com 16 fotos por torcedor, e pela Arena Fonte Nova, em Salvador, com uma média de 14,3 fotos enviadas por torcedor.

O balanço do tráfego de dados nos estádios da Copa revelou ainda que os seis estádios com maior média em envio de fotos por pessoa presente nas arenas são exatamente os mesmos que contam com uma rede WiFi das prestadoras, além da infraestrutura de telefonia móvel instalada pelas empresas. A rede WiFi permitiu um reforço na capacidade de transmissão de dados que já havia sido garantida pelas redes de 3G e 4G.

Durante as 64 partidas do mundial no Brasil, que se tornou a ‘Copa das Selfies’, foram feitas 4,5 milhões de ligações telefônicas e enviadas 48,5 milhões de fotos, correspondestes a 26,7 TB. O maior volume de tráfego foi observado exatamente nos estádios com maior capacidade de público. Para medir o tráfego total de ligações e de comunicações de dados, foi sempre considerado um período de sete horas, começando três horas antes da partida e se encerrando duas horas depois do jogo.

Fonte: Convergência Digital