03/05/2013

A nova política industrial do governo, que estabelece a preferência para os equipamentos produzidos no país, e aqueles com tecnologia nacional, e a sua aplicação pela Anatel, que já rendeu inclusive reclamação formal do Departamento de Comércio norte-americano, estará em debate na próxima segunda-feira dia 06 de maio, no 33º Encontro Tele.Síntese, promovido pela Momento Editorial.

Será discutida também a nova política da Anatel para estimular o desenvolvimento de pesquisa e desenvolvimento no setor.

Para a abertura, confirmada a presença do presidente do BNDES, Luciano Coutinho, que detalhará a visão do banco no fomento à indústria nacional. No primeiro painel, estarão lado a lado o presidente da TIM, Rodrigo Abreu; o presidente da Padtec,Jorge Salomão; o Chairman da Nokia Siemens Network, Aluizio Byrro. Participam também desta mesa-redonda o diretor Executivo de Estratégia e Novos Negócios da Telefônica Vivo, Daniel de Albuquerque Cardoso; e o secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Maximiliano Martinhão.

No segundo painel, confirmadas as presenças do conselheiro da Anatel, Rodrigo Zerbone; do presidente do CPqD, Hélio Graciosa; do diretor de Relações Governamentais da Qualcomm Francisco Giacomini Soares; do vice-presidente de Estratégia e Marketing para a América Latina e Caribe da Ericsson, Lourenço Coelho; e Eduardo Michalski, diretor de Aquisições Estratégicas e Suprimentos da Oi.

Fonte: TeleSíntese