09/09/2014

Equipe técnica da Anatel estuda disponibilizar a faixa de 800 MHz para LTE, embora essa análise ainda esteja em fase preliminar e não tenha sido submetida à Superintendência da agência.

"A gente está estudando essas faixas, é um contínuo", disse o superintendente de Outorga e Recursos à Prestação, Marconi Maya, durante o Painel TELEBRASIL 2014 nesta terça, 9. A ideia é tentar aproveitar a faixa hoje ocupada com o trunking da Nextel, no caso de ocorrer a migração da licença de Serviço Móvel Especializado (SME) para Serviço Móvel Pessoal (SMP), além da possibilidade de usar pedaços já daqui a um ano em leilão.

Maya considera a possibilidade de aproveitar parte desse espectro no leilão de sobras, que aproveita "buracos" na faixa de 3,5 GHz, 2,5 GHz e de 1,8 GHz, e que poderia acontecer já na metade de 2015. "A faixa de 800 MHz pode até entrar em algum pedaço do superleilão", declarou ele em conversa com jornalistas. "Procuramos é o multiuso da faixa".

A banda de 800 MHz, que vai de 790 MHz a 862 MHz, é atualmente utilizada na Europa desde janeiro do ano passado, em uma tentativa de harmonizar o dividendo digital na região. A Nii Holdings, controladora da Nextel, já declarou sua intenção de usar a faixa no Brasil no caso de haver a liberação da migração do SME para o SMP.

Fonte: Teletime